Blog Rede Magic

Intel anuncia centro de inovação no Rio de Janeiro

 intel-magic-web-design

Na semana passada, a Intel anunciou que instalará, em agosto, um centro de inovação no Rio de Janeiro. O principal objetivo é prover às empresas, universidades e startups acesso à computação de alto desempenho (HPC – High Performance Computing).

Além disso, a intenção é proporcionar qualificação de ponta em HPC – essencial para a exploração do pré-sal –, e soluções que integram inteligência na Nuvem a serviços públicos e privados. “A ideia é democratizar o acesso de empresas brasileiras a computação de alto desempenho. Acreditamos que isso pode ser um fator fundamental para o desenvolvimento da economia do país”, destaca Fernando Martins, diretor executivo de Estratégia e Inovação da Intel Brasil.

A cidade foi escolhida como sede devido à forte presença de empresas do segmento de Óleo e Gás na região, as quais fazem uso constante das tecnologias de Computação de Alto Desempenho. Recentemente, a capital carioca atraiu também outros centros de pesquisa em tecnologia, como o EMC e a Cisco.

Após a cidade ser escolhida, a Intel firmou uma parceria com a Prefeitura do Rio de Janeiro e o governo do estado. Isso é consequência da aliança da cooperação com o governo federal, anunciada em 2013. No acordo, entre a corporação e o governo federal, ficou decidido que a empresa investiria no País R$ 300 milhões em pesquisa e desenvolvimento e inovação (PD&I), no período de cinco anos. Essa aplicação estaria alinhada ao Programa Estratégico de Software e Serviços de Tecnologia da Informação do governo federal, cuja meta é o incremento das atividades das TICs no Brasil.

De início, a hospedagem do Centro de Inovação ficará sob a responsabilidade da empresa de serviços AMT, que atualmente possui um data center no local onde o centro será instalado. O espaço será dividido em três áreas: uma dedicada aos sistemas para uso das empresas em Provas de Conceito (PoCs) e Projetos-Pilot, outra para o desenvolvimento de projetos de universidades e centros de pesquisa apoiados pela Intel no País e a terceira, por sua vez, para incubar startups e fomentar o surgimento de novos produtos ou serviços voltados para o mercado brasileiro que visam ao empreendedorismo.

Investimentos em educação e startups

Além desse anúncio, a Intel Brasil comunicou a criação do primeiro IPCC – Intel Parallel Computing Center – em conjunto com o Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa em Engenharia (COPPE), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O IPCC tem a finalidade de custear bolsas a pesquisadores e PhDs que desenvolvam aplicações de software com técnicas de programação paralela, utilizando HPC.

A ideia é de que, até o fim do ano, a multinacional de tecnologia consiga oferecer cursos avançados de HPC. De acordo com o diretor executivo, a educação é tema estratégico e por isso existe a preocupação de estruturá-la pro meio de cursos de HPC.

A organização ainda pretende oferecer o Centro para novas empresas, para que elas possam desenvolver suas aplicações sem custos com computação ou software de programação. Do mesmo modo como a Intel deve investir em programas promovidos pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e do governo do estado do Rio de Janeiro, as instituições públicas devem investir nos programas da empresa.

Veja também: A conexão da Internet e dos objetos que cuidam de você

——————————————————————————————-

Magic Web Design desenvolve, desde 1996, soluções completas para empresas de todo o Brasil nas áreas de internet e multimídia, com web sites, gerenciamento de mídias sociais, sistemas on-line, lojas virtuais (e-commerce), apresentações multimídia e diversos outros serviços. https://www.redemagic.com/

Pin It

Comentários Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*