O Snapchat é eficiente para marcas?

Snapchat para marcas - Magic

Um dos mais populares e viciantes aplicativos recentes, o Snapchat tem a “autodestruição” de imagens e vídeos como uma de suas principais características. Foi por causa deste recurso, capaz de aumentar a privacidade do usuário e também a sua sensação de segurança, que o app teve sua utilização voltada principalmente para o envio de fotos íntimas.

Com o passar do tempo, porém, o Snapchat caiu nas graças da geração millenial, heavy user de smartphones e que adora compartilhar o que está fazendo, assim como acompanhar o dia a dia de seus amigos, além de buscar conteúdo leve e engraçado.

Público Snapchat Brasil - Magic

Hoje, a maior parte dos usuários do Snapchat (cerca de 200 milhões de pessoas) tem entre 13 e 25 anos de idade, e 70% do público pertence ao sexo feminino. Para as marcas, especialmente aquelas que possuem um público-alvo nesta faixa etária, pode ser uma excelente estratégia criar conteúdo para a plataforma. Como as fotos e mensagens ficam disponíveis por pouco tempo, cria-se um senso de urgência e importância, fazendo com que as pessoas prestem bastante atenção ao conteúdo, gerando interação, empatia e alto engajamento.

Snapchat eficiente para marcas - Magic

Para ter sucesso ao ingressar no Snapchat, é essencial captar a audiência a partir da combinação de exclusividade, interatividade e criatividade, por meio de um conteúdo orgânico, que não pareça planejado, capaz de envolver os usuários. Cabe ressaltar que, independentemente da estratégia, é importante divulgar o perfil nas outras redes sociais, como Facebook e Instagram, além de relembrar os usuários quando uma ação estiver prestes a ser lançada.

Mídias Sociais - Magic

Uma boa ideia pode estar na divulgação do lançamento de um produto em primeira mão para os usuários do Snapchat, ou até mesmo no desenvolvimento de uma ação promocional. Neste caso, é possível oferecer desconto à pessoa que tirar um print screen de uma determinada imagem e então apresentá-la em uma loja física. Se a empresa estiver produzindo uma nova campanha, é interessante publicar teasers das gravações ou até mesmo um detalhe do cenário ou do artista que irá estrelar o comercial.

Snapchat Sephora - Magic

Marcas que possuem um perfil no Snapchat também podem fazer com que os seguidores entendam suas rotinas, seja postando uma foto da linha da produção ou até um vídeo durante um evento. Aqui, a função “Ao Vivo” pode ser bastante útil.

Postagens que estimulem a interatividade, como enquetes ou a solicitação para que o usuário envie um desenho ou um momento do dia, e aquelas que não possuem o objetivo de promover a marca, apenas de conversar e de manter viva a lembrança da empresa na mente do cliente, também são muito bem-vindas. A General ELETRIC é uma empresa que sabe trabalhar bem esta última estratégia. Para comemorar os 45 anos do envio do homem à Lua, a marca apresentou o astronauta Buzz Aldrin aos seus seguidores, como uma forma de despertar nos adolescentes o interesse por ciência.

Snapcaht General Eletric - Magic

Abaixo, alguns cases de sucesso de marcas no Snapchat:

16 Handles

16 Handles Snapchat - Magic

A norte-americana foi uma das pioneiras na utilização do app com foco em marketing. Uma das suas ações regulares consiste em enviar um cupom de desconto que só fica visível por 10 segundos para todos os usuários que mandam uma foto sua ou dos amigos tomando um iogurte em uma das lojas da marca.

Taco Bell

Snapchat Taco Bell - Magic

A rede de fast-food aproveitou o MTV Movie Awards para o lançamento de um novo lanche. A empresa acertou ao unir seu produto com um evento que possui grande impacto junto à audiência do aplicativo.

Heineken

  Snapchat Heineken - Magic

Durante a edição de 2014 do festival de música Coachella, a marca de cervejas enviou aos seguidores snaps com pistas dos shows surpresa. Quem acertava o quiz era premiado com uma confirmação antecipada para o palco patrocinado pela empresa no evento.

Absolut

Snapchat Absolut Vodka - Magic

Através de uma campanha integrada com o Facebook, a marca de destilados convidou os seguidores da fan page a adicionar o perfil da empresa no Snapchat e assim ter acesso exclusivo às etapas de produção de uma nova bebida.

Burberry

Snapchat Marcas Burberry - Magic 

Clicada pelo renomado fotógrafo Mario Testino, a campanha da coleção primavera/verão de 2016 da marca foi apresentada em primeira mão para os usuários do Snapchat. A Burberry também costuma cobrir seus desfiles com o aplicativo.

 

NARS 

Snapchat NARS - Laguna

A marca de cosméticos prometeu divulgar antecipadamente a sua nova coleção apenas para os usuários que a adicionassem no Snapchat num determinado espaço de tempo.

Goldman Sachs

 Snapchat Golden Sachs - Magic

O banco Goldman Sachs começou a anunciar em algumas universidades norte-americanas através de uma galeria de fotos e vídeos registrados em campi universitários dos Estados Unidos. Os anúncios apareciam em meio ao conteúdo criado pelos usuários – só aqueles cujos telefones indicavam que estavam em um dos campi conseguiam ver as atualizações – e tinham por objetivo recrutar alunos nas melhores faculdades do país.

 

CNN

Snapchat CNN - Magic 

A presença do canal CNN mostra que até mesmo marcas com um perfil mais sério podem tirar proveito do app. O canal faz uso do Discover (um recurso que mostra aos usuários artigos, notícias e vídeos de vários canais diferentes) para apresentar seu conteúdo jornalístico de uma forma mais leve aos jovens.

 

WWF

 Snapchat WWF Last Selfie - Magic

O Snapchat também pode ser usado para campanhas de conscientização ambiental. A WWF comparou a característica do rápido desaparecimento das fotos no aplicativo com a alta velocidade de extinção de algumas espécies em sua campanha Last Selfie. Nela, closes de animais ameaçados de extinção convidavam os usuários a contribuir com a ONG para evitar que aquela fosse a última fotografia do bicho.

Leia também: Instagram libera função de múltiplas contas

Pin It

Uma resposta para O Snapchat é eficiente para marcas?

  1. Pingback: O Snapchat é eficiente para marcas? | ComunicArt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*