Blog Rede Magic

5 cuidados essenciais para fazer uma live

tela de celular a frente de uma cortina vermelha ao lado da frase "5 cuidados essenciais para fazer uma live"

 

No texto anterior do blog, vimos que conteúdos em vídeo e transmissões ao vivo ganharam muita força desde o ano passado. Mas incluir as lives na estratégia digital requer cuidados para que seus clientes tenham uma ótima experiência. Confira a seguir os principais.

 

1 – Roteiro e horário definido

Primeiramente, é preciso definir qual será o tema da live. Dessa forma é possível divulgá-la de maneira objetiva, para que seu público fique ciente do que esperar.

Além disso, escolher um horário que agrade aos clientes é importante. Uma possibilidade é fazer enquetes para saber quando preferem assistir ao conteúdo. Você também pode acompanhar as métricas da própria rede social sobre os dias e horários com mais acessos em seu perfil.

Já para definir a duração da live nas plataformas, verifique o limite aceito em cada rede: 60 minutos no Instagram, 90 minutos no Facebook, 12 horas para transmissão ao vivo no YouTube e 8 horas para transmissão de eventos também no YouTube.

Atenção aos períodos de maior tráfego nas redes. No Instagram, por exemplo, a maioria das lives costuma acontecer às 19h, mas a qualidade da transmissão pode ser prejudicada se a plataforma ficar sobrecarregada.

 

2 – Cenário

O cenário é muito importante para o sucesso da sua transmissão ao vivo. Assim, certifique-se de que o local possui boa iluminação. Outra recomendação é que não haja objetos que possam poluir o visual e tirar o foco do público. Em vez disso, inclua no cenário itens que representem o conteúdo abordado.

 

3 – Qualidade de som e imagem

menina sorrindo segurando e olhando para o celular na mão

Você não precisa, necessariamente, usar equipamentos profissionais para obter uma boa qualidade de som e imagem. Hoje em dia, até mesmo o celular pode garantir um áudio sem interferências e uma imagem nítida.

De qualquer maneira, dias antes da live faça uma pré-produção, teste os equipamentos e verifique se falta algo importante. Escolha um local que garanta uma boa acústica e utilize um tripé ou suporte para o celular ou a câmera, de modo que a imagem fique estável.

 

4 – Internet boa e prevenção de problemas

Mesmo que você siga todas as dicas anteriores, tudo pode ir por água abaixo sem uma internet de qualidade no momento da transmissão ao vivo. Um serviço instável deixa o vídeo com pixels visíveis, buffers e problemas de áudio, o que pode fazer o espectador desistir da live. Assim, escolha um local com forte sinal de Wi-Fi ou utilize o cabo da internet, que em geral transmite um sinal melhor.

Claro que pode haver problemas com a internet ou o apresentador, por isso, tenha um “plano B” caso ocorram imprevistos.

 

5 – Divulgação

Para que o público acompanhe sua transmissão ao vivo é preciso informá-lo sobre ela com antecedência. Assim, é possível ter uma estimativa de quantas pessoas comparecerão com base nas interações dos posts, que podem ser publicados em todas as suas redes sociais. No Instagram, você pode utilizar o sticker de contagem regressiva para lembrar os seguidores do horário da live.

Agora que você conhece os cinco cuidados básicos necessários para fazer uma boa transmissão ao vivo, é só colocá-los em prática e colher os frutos desse formato de conteúdo.

 

Leia também: Quando devo utilizar lives na minha estratégia digital?

Pin It

Comentários Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*