Como sua marca irá atuar no metaverso

Saiba mais sobre o metaverso

Nas últimas décadas, a tecnologia caminhou cada vez mais no sentido de aumentar a conectividade e as interações entre os mundos real e virtual. Não por acaso, grandes empresas estão inovando para se posicionar diante das novas possibilidades. Confira como a sua marca irá atuar no metaverso.

O que é o metaverso?

O desenvolvimento social vinculado ao universo online é acompanhado há algumas décadas por pesquisadores. É nesse contexto que o termo “metaverso” passou a significar um espaço coletivo e virtual compartilhado, um mundo digital que busca replicar a realidade.

O metaverso está inserido, por exemplo, dentro de ambientes de jogos online que permitem interação com outros participantes. Também se revela nas relações via redes sociais, frequentes no cotidiano. Recentemente, o anúncio da modificação do nome comercial do Facebook para Meta, em referência direta ao conceito de metaverso, aumentou a discussão sobre as possibilidades de desenvolvimento das marcas dentro do ciberespaço.

Atuação das marcas no metaverso

Entre as tendências de mercado dos últimos anos, está a preocupação de oferecer novas experiências para o consumidor, e o metaverso se mostra uma ferramenta muito importante. Algumas marcas, como o Itaú e a Tim, estão investindo neste novo ambiente, enquanto outras já possuem pontos de venda online em jogos que aceitam a moeda utilizada na plataforma, convertida em criptomoedas. As marcas Nike, Ralph Lauren e Vans, por exemplo, desenvolveram roupas exclusivas para os personagens do game Roblox.

Confira a seguir algumas maneiras de inserir sua marca no metaverso.


Experiências imersivas

As tecnologias de realidade virtual (VR) foram desenvolvidas para proporcionar experiências imersivas, e são mais familiares no ramo do cinema e dos jogos. Agora, porém, empresas também têm usado essa ferramenta como um meio inovador de publicidade para conquistar reconhecimento

Tecnologia sensorial

Uma preocupação dos profissionais quando o assunto é desenvolver uma marca no metaverso é adaptar os estímulos sensoriais propiciados pelo ambiente físico, como o tato e o olfato. Embora existam protótipos sendo estudados para contornar isso, o intuito do ambiente digital é justamente proporcionar novas sensações e experiências.

Ainda existe muito a ser explorado nesse novo universo que engloba as relações físicas e virtuais. Um princípio importante, entretanto, é que marcas e criadores fiquem atentos à reação dos consumidores ao metaverso para organizar estratégias eficientes que agradem ao público.

Leia também: 5 tendências que moldarão o futuro da criatividade e da tecnologia

Pin It

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*