Blog Rede Magic

Entenda: o que o Facebook fará com os dados compartilhados do WhatsApp

Ícones de redes sociais ao lado do texto seus dados do whatsapp são compartilhados com o Facebook

Uma pergunta: sabe os dados que concordamos em fornecer aos aplicativos? Você já se perguntou o que é feito com essas informações? As políticas de privacidade nas redes sociais continuam gerando polêmicas e dúvidas. No início deste ano, divulgou-se que o WhatsApp iria compartilhar dados dos usuários com o Facebook, o que não foi bem recebido por muitos. Entenda a situação.

Os termos de uso do WhatsApp foram atualizados no início deste ano no mundo inteiro e no fim de maio no Brasil. As mudanças permitem que o Facebook, administradora do aplicativo de mensagens, tenha acesso a informações de usuários do WhatsApp. Essa alteração teve uma repercussão negativa em vários países, alguns dos quais ainda recorrem da decisão.

No Brasil, o PROCON de São Paulo notificou o Facebook para esclarecimentos, questionando a obrigatoriedade de compartilhar dados dos usuários do WhatsApp. De acordo com o órgão de defesa do consumidor, as mudanças vão contra a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

Além do Brasil, outros países questionaram a decisão, como a Índia, que exigiu o cancelamento da atualização, alegando ser injusta e inaceitável. A Turquia e a África do Sul também se manifestaram contra a decisão. Por sua vez, a União Europeia pode inclusive banir o aplicativo de mensagens devido às mudanças.  

O WhatsApp poderá compartilhar dados pessoais?

Em tese, todos os usuários foram notificados sobre a atualização dos termos e puderam concordar em compartilhar endereços de IP, localizações e interações com pessoas e empresas. Conforme informou o aplicativo de mensagens, as novas regras “estão relacionadas aos recursos comerciais e opcionais do WhatsApp” e garantem “mais transparência” ao usuário sobre a captação e utilização dos dados pela plataforma.

Isso, alegadamente, não significa que o WhatsApp e o Facebook possam ler as conversas, devido à tecnologia de criptografia ponta a ponta utilizada pela plataforma de mensagens. Somente o remetente e o destinatário conseguem visualizar as conversas.

Porém, o WhatsApp pode compartilhar dados sobre a interação com contas comerciais e não garante a criptografia nesses casos. Quando questionado, o Facebook se posicionou reafirmando que os usuários são avisados quando dialogam com uma conta comercial.

O que acontece se o usuário não concordar com os novos termos?

Caso o usuário não aceite os termos de compartilhamento de dados entre as plataformas WhatsApp e Facebook, simplesmente não poderá utilizar o aplicativo de mensagens. Ao recusar a nova política de privacidade, a conta será suspensa até que o usuário concorde com os termos da plataforma.

Atentar-se às políticas de compartilhamento de dados é essencial

Essa situação ressalta o quanto é importante conhecer as políticas de compartilhamento de dados. Iniciativas ao redor do mundo buscam proteger as informações pessoais sob domínio de empresas privadas e governos, uma vez que a proteção da privacidade dos usuários deve ser uma responsabilidade compartilhada.

Acima de tudo, as empresas devem ser muito claras quanto à utilização das informações pessoais dos usuários. Por isso, informe-se sobre as possibilidades de divulgação dos seus dados ao se cadastrar em qualquer aplicativo.

Leia também: Sua privacidade online está em risco?

Pin It

Comentários Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*